Ganhar Dinheiro Rápido

Gerenciando uma empresa de dropshipping (parte 2)

Continuando o artigo anterior Gerenciando uma empresa de dropshipping parte 1  , hoje vamos falar do gerenciamento de estoque e múltiplos fornecedores.

A maioria dos dropshippers experientes concordam que gerenciar o status de estoque através de múltiplos fornecedores é o maior desafio que você vai enfrentar na execução de um negócio dropshipping. Se fizer um mau trabalho, você terá que constantemente informar os clientes que o produto está fora de estoque – e essa não é uma boa maneira de atrair novos e leais clientes da marca.

empresadedropshipping2Gerenciar corretamente o estoque através de seus fornecedores – e limitar o número de produtos fora de estoque que você vende – é um processo complexo. Serviços baseados na Web, como Ordoro e eCommHub podem ajudá-lo a controlar o estoque. Esta é uma ótima opção quando os fornecedores oferecem dados em tempo real, mas os fornecedores nem sempre têm como fazer isso.

Abaixo estão algumas das melhores práticas para o gerenciamento do estoque que devem ajudar a reduzir drasticamente o número de produtos fora de estoque:

Use vários fornecedores – Ter acesso a vários fornecedores pode ser uma vantagem enorme. Porque é a melhor maneira de melhorar o seu tempo de cumprimento do pedido. Se o fornecedor A não tem um item no estoque, há uma boa chance que fornecedor B tenha. Além disso, é arriscado confiar em um fornecedor como o único lugar para abastecer seu estoque. 

Você nunca será capaz de encontrar dois fornecedores que possuam exatamente os mesmos produtos, mas se eles operam no mesmo nicho ou indústria, provavelmente vão estocar os itens mais vendidos – e estes são os que você está mais preocupado.

Escolha seus produtos sabiamente – Ainda sobre o último item, tente vender principalmente itens que você sabe que são fabricados pelos dois fornecedores. Desta forma, você tem duas opções de atendimento.

Use o genérico em vantagem própria – Mesmo que eles não tenham exatamente o mesmo item, dois fornecedores podem fabricar produtos quase idênticos, que são intercambiáveis. Isto é particularmente verdadeiro para acessórios menores. Se você puder confirmar que os dois produtos são quase idênticos, escrever uma descrição do produto genérico que lhe permite cumprir a ordem a partir de qualquer fornecedor. Além disso, liste os modelos das duas empresas no campo de modelo. Dessa forma, você pode encaminhar uma fatura para qualquer fornecedor sem ter que fazer mudanças. Porém, tome cuidado com marcas bem conhecidas como Nike, Bose, pois você nunca deve substituir esses produtos.

Verifique a disponibilidade do produto – Só porque um dropshipper lista um item em seu site não significa que ele forneça esse item de forma consistente. É uma boa ideia falar com seu representante de vendas sobre a disponibilidade de produtos que você está considerando vender. Estes artigos permanecem no estoque 90% do tempo ou mais? Ou será que o dropshipper mantém apenas alguns na mão e muitas vezes tem dificuldade para obter o produto do fabricante? Evite estocar o último tipo de produto.

 

Saiba lidar com pedidos fora de estoque – Mesmo que você tenha planejado tudo corretamente, você vai inevitavelmente ter que lidar com pedidos de clientes que você não pode enviar. Em vez de dizer ao cliente que o item está fora de estoque, ofereça um upgrade de cortesia para um produto similar, mas melhor. Seu cliente provavelmente ficará agradecido, e você será capaz de manter o bom relacionamento com ele. Pode até ser que você não consiga nenhum lucro nessa negociação, mas OK. Você não teria nenhum lucro se o cliente cancelasse o pedido também.

 

Para mais informações sobre dropshipping, como importar e tornar-se um revendedor, criar uma loja virtual no Mercado Livre ou em seu próprio domínio, você terá no curso Academia do Importador. O melhor curso online do Brasil sobre importar roupas de marca ORIGINAIS, direto dos fornecedores OFICIAIS dos Estados Unidos. Além de roupas de marcas famosas, celulares, eletrônicos, perfumes, suplementos alimentares, peças de carros, bonés, maquiagens em geral, o melhor curso sobre importação do momento. Tanto para quem deseja economizar, quanto para quem deseja revender, o Academia do Importador é, sem dúvida, a SUA melhor opção.


2 comentários sobre “Gerenciando uma empresa de dropshipping (parte 2)

  1. Pingback: Gerenciando uma empresa de dropshipping (parte 3) - Ganhar Dinheiro Rápido

  2. Matteo Todeschini

    Li um testemunho de empréstimo que falou de um homem honesto e sério. E que ajudou-me com um empréstimo de 180.000,00R$. Mim garantidos que recebi o empréstimo que a semana último e graças à este dinheiro poderia pagar as minhas faturas e abrir a minha limpa empresa à vocês que não os têm o favor dos bancos eis é enviar por correio eletrónico : muscolinogiovanni61@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *